Todos conhecemos o Parque da Paz e o seu fantástico lago. Nele coabitam várias espécies, desde insetos a répteis e anfíbios, cujo equilíbrio é importante preservar.

Uma das espécies existente no lago é a Tartaruga-da-Flórida que, caso não seja controlada, poderá tornar-se problemática uma vez que se torna invasora e passa a dominar o ecossistema, prejudicando outras espécies como o Cágado-Mediterrânico.

Assim, a Divisão de Educação e Sensibilização Ambiental da Câmara Municipal de Almada (integrada nos pelouros do Vereador Nuno Matias) está a promover a captura destas tartarugas exóticas, numa ação em que conta com o apoio da Associação Vita Nativa e da Provedoria dos Animais do Município de Almada. O objetivo é encaminhar estes animais para centros de recolha, onde serão esterilizados e isolados das outras espécies.

A introdução de espécies exóticas nos ecossistemas, muitas vezes como consequência de abandono pelos seus detentores, provoca desequilíbrios e impactos negativos que devem ser evitados. Saiba mais em https://bit.ly/34JwqqN.